30.5 C
Umuarama
sexta-feira, junho 21, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrInserida no Susaf/PR, Umuarama abre mercado estadual para agroindústria familiar

Inserida no Susaf/PR, Umuarama abre mercado estadual para agroindústria familiar

Agroindústrias de pequeno porte, familiares ou que realizam produção artesanal em Umuarama inscritas no Sistema de Inspeção Municipal (SIM), que cumpram normas sanitárias e determinados critérios, poderão ampliar o potencial de vendas para todo o Estado graças à inclusão do município no Susaf/PR, o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte.

A liberação de Umuarama foi comunicada ao prefeito Celso Pozzobom nesta semana, durante visita ao Show Rural de Cascavel, pelo secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. Segundo o secretário, o Susaf/PR elimina entraves burocráticos para que produtos alimentícios e derivados reconhecidamente bons, do ponto de vista higiênico-sanitário, sejam vendidos além dos limites municipais.

“Com a adesão ao sistema, nosso município poderá indicar à Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) as agroindústrias e demais empreendimentos que atendam aos critérios e que assim poderão vender sua produção para outros municípios e regiões do Estado”, disse o prefeito. “Isso é a conclusão de um longo processo realizado pela equipe técnica da Prefeitura e de orientação aos produtores, que agora terão mais espaço de comercialização”, disse o secretário municipal da Agricultura, João Megda.

Com a liberação, que também teve o aval do governador Ratinho Junior, Umuarama passa a integrar o grupo de 97 cidades inseridas no programa, em todo o Estado, e é também a única cidade da região entre rios (Amerios) inclusa no sistema.

Para o governador, o objetivo da iniciativa é fomentar pequenas agroindústrias que, ao ampliarem as vendas a outros municípios paranaenses, terão maior valor agregado, estimulando o crescimento econômico dos produtores. “Queremos que mais produtores familiares e artesanais de alimentos possam ganhar em escala, sem a limitação do comércio apenas local”, afirmou.

Com o Susaf/PR, milhares de agricultores familiares poderão mudar de vida ao transformarem suas propriedades em agroindústrias. Das cidades paranaenses que já aderiram, 56 o fizeram de forma individual, 31 por meio do consórcio intermunicipal da região central do Estado e 10 pelo consórcio do centro noroeste. A meta da Adapar é chegar a 200 municípios até 2026.

“Com o selo, os produtores municipais ampliam sua área de venda de 10, 20 ou 30 mil pessoas para 11,4 milhões de paranaenses. O segundo passo é vender para todo Brasil e, depois, o chegar aos mercados internacionais”, disse o presidente da Adapar, Otamir Martins.

Criado por lei em 2013 e regulamentado em 2020, o Susaf/PR é destinado à agroindústria familiar e de pequeno porte. A exigência é que elas estejam registradas no Sistema de Inspeção Municipal (SIM). O selo pode ser concedido aos municípios ou consórcios intermunicipais que apresentem como atribuição o serviço de inspeção e que ele seja estruturado, garantindo que o produto seja de qualidade.

Os estabelecimentos interessados em obter o selo devem seguir os programas de autocontrole, como limpeza, desinfecção e higiene, hábitos higiênicos e saúde dos manipuladores. Além disso, são exigidos a manutenção das instalações e equipamentos, controle de potabilidade de água, seleção de matérias-primas, ingredientes e embalagens, controle de pragas e vetores e controle de temperatura. Também devem contratar profissional habilitado para a industrialização e conservação dos produtos.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular