16.3 C
Umuarama
domingo, abril 21, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrVigilância Ambiental avança com ‘arrastão’ contra a dengue em bairros da cidade

Vigilância Ambiental avança com ‘arrastão’ contra a dengue em bairros da cidade

Assim como outras regiões do Estado, Umuarama está enfrentando um grande desafio: a propagação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue – entre outras doenças. Para combater essa ameaça e proteger a saúde da população, o serviço de Vigilância em Saúde Ambiental organizou um ‘arrastão’ com o objetivo de eliminar possíveis criadouros do mosquito junto à comunidade, com o apoio das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos.

Vários bairros já foram visitados e o volume de materiais recolhidos chega a impressionar – quase 50 toneladas de resíduos. “Esta semana vamos finalizar o trabalho no Conjunto Sonho Meu, que acabou atrasando por causa das chuvas e do feriadão do Carnaval, e na quarta-feira (21) queremos iniciar a coleta no bairro Jabuticabeiras”, explicou a coordenadora da Vigilância Ambiental, Rafaella Naves.

Conforme o cronograma estabelecido no início de janeiro, na próxima semana o ‘arrastão’ será direcionado à região do Conjunto Guarani, que compreende também os bairros Shangrilá, Paris, Los Angeles, San Marino e Moradias Vitória, encerrando a primeira etapa do cronograma.

“Na sequência, iniciaremos uma nova avaliação do perfil epidemiológico relacionado à dengue e definiremos novas ações a serem realizadas nos meses de março e abril, com apoio de demais secretarias. A finalidade é combater a proliferação do mosquito transmissor e, desta forma, frear o aumento no número de casos da doença, que vem se evidenciando nas últimas semanas”, acrescentou a coordenadora.

A ação começa com uma panfletagem, orientando a população sobre a data da coleta, os objetivos e quais materiais devem ser colocados na calçada, e dias depois os caminhões passam recolhendo os utensílios, objetos e demais recipientes que podem acumular água e favorecer a reprodução do mosquito.

Entre o final de janeiro e o último fim de semana o ‘arrastão’ já passou pelo Parque Danielle, jardins Itália e Colorado, Zona VII, imediações da Catedral do Divino Espírito Santo e agora o Sonho Meu, com o apoio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. O volume total de materias recolhidos foi de 47.718 quilos, até o momento.

O número de casos de dengue dobrou em Umuarama, nas últimas semanas, de acordo com o último informe técnico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado na sexta-feira, 16. O atual ano epidemiológico soma 85 casos positivos da doença, sendo que 44 foram confirmados no boletim mais recente. Além disso, há ainda 98 pacientes com suspeita de dengue em investigação, dentro das 240 notificações registradas de 3 a 16 deste mês.

Esse aumento elevou a preocupação em seis regiões da cidade que deixaram a condição de ‘baixa incidência’ para ‘alerta’ no mapa de acompanhamento da dengue. Essas áreas ficam no entorno das unidades básicas de saúde (UBS) Guarani/Anchieta, Centro de Saúde Escola, Posto Central, San Remo, 26 de Junho (Parque D. Pedro) e Vitória Régia.

Em outras 11 unidades de saúde o ‘status’ é de baixa incidência de casos, bem como no distrito de Lovat, enquanto na UBS Jardim União e nos distritos de Serra dos Dourados, Santa Eliza, Vila Nova União, Roberto Silveira e Nova Jerusalém ainda não houve registro de casos positivos de dengue.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular