16.2 C
Umuarama
segunda-feira, julho 15, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrManutenção é constante para manter ar-condicionado funcionando em quase 500 salas de...

Manutenção é constante para manter ar-condicionado funcionando em quase 500 salas de aula

Escolas municipais contam com mais de 500 ambientes climatizados, entre salas de aula, setores administrativos e demais instalações

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, na última semana, alerta de onda de calor para o Paraná e mais quatro Estados do país, e Umuarama foi uma das regiões atingidas. O fenômeno deixou o clima extremamente quente e abafado nos últimos dias. Mas, independentemente deste e de outros alertas, a Secretaria Municipal de Educação vem tomando providências imediatas e de médio prazo para amenizar a sensação de calor nas 43 unidades educacionais do município.

Como são mais de 500 espaços climatizados, entre salas de aula, ambientes administrativos e demais instalações, a manutenção dos aparelhos de ar-condicionado é constante. Existe uma contratação exclusiva de uma empresa para prestação de serviço de manutenção, desinstalação, reinstalação, cargas de gás e consertos de aparelhos.

“As demandas encaminhadas pelas unidades são organizadas pela secretaria e repassadas à empresa com ordens de prioridade, caracterizadas como ‘urgente’, ‘corretiva’ e ‘preventiva’”, explicou a secretária da Educação, Mauriza de Lima Menegasso. Contudo, a empresa responsável pelos serviços precisou ser notificada devido ao acúmulo de pedidos aguardando por atendimento.

O responsável pela empresa relatou que há mais de 20 anos presta serviço de refrigeração em toda a região, e que nunca enfrentou um período com tantas solicitações em um contexto geral, devido à mudança climática. “Apesar da escassez de mão de obra especializada no mercado, ele se prontificou a aumentar a quantidade de técnicos para acelerar os serviços e nesta terça-feira foi feita manutenção no CMEI Jardim Birigui”, acrescentou a secretária.

Outra medida adotada pelo município foi a aquisição de novos aparelhos de ar-condicionado. O estudo técnico preliminar para análise da demanda iniciou ainda em 2023, com o edital nº 22/2024 no valor de R$ 6.889.175,00. A abertura da licitação está marcada para 15/04.

A contratação se justifica pela ampliação do número de salas de aula, instalação em locais novos (como cozinhas e refeitórios) e devido à situação de considerável parcela de equipamentos de refrigeração, que já passaram por muitas manutenções e necessitam de substituição imediata – seja devido à avançada idade, seja pelo intenso desgaste resultante do uso contínuo.

“A última aquisição ocorreu em 2012, portanto os aparelhos adquiridos já ultrapassam a marca de 10 anos de utilização. Além do desgaste natural, alguns se encontram vandalizados e outros foram alvo de furto”, informou Mauriza.

Em paralelo ao procedimento de compra, está em curso um novo processo de contratação (edital nº 28/2024) agendado para 25/04, no valor de R$ 500 mil destinado à contratação de uma empresa de engenharia elétrica para prestação de serviços continuados de manutenção elétrica preventiva e corretiva, com fornecimento de mão de obra, insumos, materiais e equipamentos. A medida visa auxiliar na manutenção elétrica, que interfere diretamente nas futuras instalações de equipamentos.

Essas medidas são essenciais para mitigar a situação. A falta de ambientes climatizados nas unidades impacta negativamente no desempenho dos alunos, especialmente em dias de calor intenso, dificultando a concentração nas atividades escolares.

“Por isso estamos envidando todos os esforços para manter os aparelhos em funcionamento, afinal são cerca de 12 mil pessoas – entre alunos, professores e demais servidores – que dependem de um bom ambiente de estudo e de trabalho”, completou a secretária da Educação.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular