14.4 C
Umuarama
segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrEm 2024 Projeto Prevenção e Sexualidade será no Colégio Estadual Paulo Tomazinho

Em 2024 Projeto Prevenção e Sexualidade será no Colégio Estadual Paulo Tomazinho

Serão oito meses de atividades junto a adolescentes e jovens sobre HIV/Aids, sífilis e hepatites virais, entre outros

Em 2024 o Projeto Prevenção e Sexualidade nas Escolas, do Ambulatório de Infectologia de Umuarama, será realizado no Colégio Estadual Paulo Alberto Tomazinho, com os alunos que estão cursando o 1° ano do Ensino Médio e dos cursos Técnico em Edificações e Farmácia, abrangendo aproximadamente 160 adolescentes. Durante todo o ano serão abordados temas referentes à prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e saúde mental.

No ano passado a atividade foi desenvolvida com alunos da Escola Estadual Professora Hilda Kamal e o encerramento é sempre programado para o mês de dezembro, em alusão ao Dia Mundial da Luta Contra a Aida (comemorado dia 1°). A psicóloga Lucinéia Ceolin, profissional que atua no Ambulatório de Infectologia, é que coordena a iniciativa. “O objetivo é claro: formar e informar adolescentes e jovens sobre a importância da prevenção às ISTs e temas correspondentes”, detalha.

Ela relata que o projeto trabalha com dados sobre infecções sexualmente transmissíveis – HIV-Aids, hepatites virais, adolescência, métodos contraceptivos, saúde mental, hanseníase, tuberculose, Prep (profilaxia pré-exposição) e Pep (profilaxia pós-exposição ao HIV). “Utilizamos, como ferramentas para o desenvolvimento dessa iniciativa, exposições, trabalhos, debates, encontros, palestras, bate-papos, testagem rápida, abordagens e panfletagens, entre outros. Quanto mais abordarmos claramente esses assuntos, mais vidas podem ser salvas”, afirma.

Coordenadora do Ambulatório de Infectologia, Maria de Lourdes Gianini chama a atenção para o número de pessoas que ainda são contaminadas pelo HIV, por exemplo. “Muita gente parece não acreditar que pode se infectar e simplesmente não pensam em prevenção, em usar preservativos – que são distribuídos gratuitamente em todas as unidades de saúde da cidade, no Ambulatório e em instituições parceiras. Para se ter uma ideia, no ano passado 31 pessoas foram diagnosticadas com o HIV e só no primeiro trimestre deste ano oito casos já foram confirmados”, relata.

HIV-AIDS EM UMUARAMA

ANO

CASOS

2019

39

2020

28

2021

46

2022

32

2023

31

2024

8

Fonte: Ambulatório de Infectologia de Umuarama

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular