16.2 C
Umuarama
segunda-feira, julho 15, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrSaúde Municipal confirma 5ª morte por dengue enquanto volume de casos diminui

Saúde Municipal confirma 5ª morte por dengue enquanto volume de casos diminui

O número de casos de dengue vem caindo de forma consistente em Umuarama, conforme levantamentos semanais realizados pelo Serviço de Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde. Num período de seis semanas o volume de casos baixou de 954 positivos (entre os dias 5 a 11 de maio) para um dos menores índices de todo o período epidemiológico, registrado nesta semana – dois casos.

Esses dados podem variar, conforme o município vai recebendo os resultados de exames que investigam casos suspeitos (atualmente são 138), mesmo assim a situação não deve apresentar grandes mudanças. Nesta semana foi anunciada também a quinta morte causada pela doença.

Nos últimos 14 dias foram confirmados 18 casos – total bem diferente das semanas anteriores, que apresentavam diagnósticos sempre na casa dos três dígitos desde a semana de 4 a 10/2 deste ano, que marcou 126 casos. Após a semana com maior volume de positivos (5 a 11/5), considerada o pico da epidemia, os números reduziram para 724 casos entre 12 a 18/5, 300 (de 19 a 25/5) e 111 (26/5 a 1º/6). Na semana de 2 a 8/6 foram 16 casos e nesta semana apenas dois.

Apesar da redução, no atual período epidemiológico (iniciado em 30/07/2023) o número de pessoas que tiveram dengue em Umuarama chega a 8.419, de um total de 16.364 notificações registradas; 7.807 suspeitas foram descartadas e 138 aguardam exames. Três pacientes tiveram dengue com sinais de alarme (DSA) e uma pessoa teve quadro de dengue grave (DG).

Nesta semana também foi confirmado o quinto óbito em decorrência da dengue na Capital da Amizade. A vítima é um homem de 72 anos com comorbidade (hipertensão). A morte ocorreu em abril deste ano e a causa – dengue – foi confirmada nesta sexta-feira. Com isso, cinco pessoas morreram vítimas da doença na cidade e um óbito permanece em investigação. Duas mortes suspeitas foram descartadas.

A região com maior incidência de casos é o Conjunto Guarani e a Praça Anchieta (975 positivos), seguida pelo Jardim Panorama (728), Jardim Cruzeiro (653), região do Posto de Saúde Central (652) e Parque Vitória Régia (620). Nas Zonas 1 e 2, o Centro de Saúde Escola registra até o momento 582 casos. A dengue está presente em todos os bairros da cidade e também nos distritos, com exceção de Vila Nova Jerusalém.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular