16.2 C
Umuarama
segunda-feira, julho 15, 2024
spot_img
spot_img
HomeUmuarama PrOperação da Vigilância identifica cidadão com mais de 20 sucatas de veículos...

Operação da Vigilância identifica cidadão com mais de 20 sucatas de veículos estacionados no meio da rua

Morador foi notificado pela Divisão de Código de Postura e tem 15 dias para providenciar a retirada, sob pena de multa

Agentes da Vigilância Sanitária, em trabalho de vistoria no bairro Império do Sol – nas proximidades do Conjunto Sonho Meu –, identificaram uma situação de infração ao Código de Postura Municipal: um morador possui ao menos 20 veículos deteriorados, a maioria em estado de sucata, estacionados nas ruas próximas a sua residência. Vizinhos haviam feito denúncias à Ouvidoria, no telefone 156.

Segundo Claudeni Oliveira Santos Scapolan, chefe da Vigilância Sanitária, diante da situação, ela acionou a Divisão de Código de Postura, além de solicitar apoio tático da Guarda Municipal. “Procedemos a operação conjunta com o objetivo de orientar e esclarecer o morador sobre as irregularidades constatadas, já que os veículos, sucatas, peças e outros materiais, expostos daquela maneira, sem proteção alguma, podem acumular água e também tornar-se criadouros de animais peçonhentos”, afirma.

Segundo ela, em princípio o proprietário dos veículos não apresentou alvará ou informou o motivo que o leva a ter esses carros ali. “Não conseguimos identificar se tratava-se de um ferro-velho informal ou algo que o valha. Mas nosso foco, na verdade, era simplesmente resolver uma situação que seguramente oferece riscos à saúde pública. E após explicarmos, ele disse compreender”, relata.

O morador foi notificado por fiscais da Divisão de Código de Postura, que deram o prazo de 15 dias para que ele providenciasse a retirada de todos os veículos que estão estacionados de forma irregular. Segundo a legislação municipal, caso não cumpra o acordo, ele pode receber uma multa que varia de R$ 300 a R$ 900 por cada veículo encontrado. “Após conversarmos, ele informou que era proprietário de um terreno próximo ao local e que iria providenciar a retirada. Esperamos resolver este caso da melhor maneira possível”, comentou Claudeni.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -spot_img

Mais popular